O que visitar no Porto 5


Em meados de 200 a.C., na época romana, era chamada de Portus Cale, posteriormente passou a ser o importante Condado Portucalense e, finalmente, serviu de inspiração para o nome do Reino de Portugal por ter sido palco de importantes batalhas na formação deste país com muita história.

E, por incrível que pareça, esta cidade nunca foi conquistada, ganhando a merecida e honrosa fama de “Invicta”, um orgulho para os guerreiros moradores do Norte de Portugal.

Além dos monumentos históricos e religiosos de enorme valor e grandiosa beleza, não podemos esquecer que esta cidade também originou o nome de um dos vinhos mais conhecidos do mundo, o vinho do Porto.

Este néctar divinal (e muitos outros vinhos) pode ser degustado em muitas adegas localizadas na margem sul do Rio Douro, em Vila Nova de Gaia, de onde se tem uma vista soberba sobre esta cidade espetacular!

Por ser uma cidade pequena, comparativamente as demais capitais da Europa Ocidental, grande parte das atrações turísticas estão concentradas, sendo que as principais podem ser conhecidas em um único dia.

Elaboramos um breve descritivo sobre o que visitar no Porto, onde as atrações estão organizadas de forma a tornar o roteiro eficiente.

 

1) Mercado do Bolhão

Um dos mercados mais antigos de Portugal. Inaugurado em 1914,este monumento de interesse público e destacado valor arquitetônico é um testemunho vivo da tradição comercial e dos produtos regionais que nos ajudam a entender o passado e a cultura do povo português.

O ambiente centenário das lojas juntamente com os rostos dos vendedores que já apresentam as marcas do tempo, proporcionam um charme histórico a este magnífico edifício que, infelizmente, está degradado e aguardando verbas para ser restaurado.

Mercado do Bolhao Porto

Como opção, poderá passar pelo Café Majestic, que é considerado um dos cafés mais bonitos do mundo. Inaugurado em 1921 com o nome de Elite (jus ao nome dos frequentadores da época), adotou o nome atual dois anos depois. O brilho resplandecente dos espelhos que emolduram a sala, o requinte da decoração art deco e os detalhes artesanais na madeira e nas colunas de mármore justificam plenamente o título recebido.

2) Avenida dos Aliados e Praça da Liberdade

A Praça da Liberdade é o coração da cidade do Porto. Foi ponto de encontro de artistas, escritores e políticos, tornando-se naturalmente palco de manifestações de todas as classes e de grandes comemorações, principalmente quando o FC do Porto é campeão.

Além da bela arquitetura dos prédios envolventes, o destacado edifício da câmara, que foi incluído no projeto de revitalização da praça em 1916, e o monumento ao rei liberal inaugurado em 1866, uma homenagem da cidade a D. Pedro IV, compõem o cenário histórico deste marco da cidade do Porto.

Avenida_dos_Aliados_Porto

 

3) Torre e Igreja dos Clérigos

A Igreja e a Torre dos Clérigos, concluídas em 1749 e 1763 respectivamente, formam o principal conjunto arquitetônico do estilo barroco na cidade do Porto.

A torre, com 76 metros de altura, já foi considerada o edifício mais alto de Portugal e é um dos destaques na paisagem da cidade. Portanto, é imperdível subir os 240 degraus em espiral para poder apreciar a vista panorâmica sobre uma das cidades mais bonita de toda Europa.

A torre encontra-se na “Colina dos Enforcados” onde, na antiguidade, se enterravam os condenados.

Torre e Igreja dos Clerigos, Porto, Portugal

 

4) Livraria Lello

Não deixe de visitar esta livraria que foi cenário de alguns dos filmes do Harry Potter!

Inaugurada em 1906, é considerada uma das mais belas livrarias do mundo por importantes canais de comunicação como The Guardian e Lonely Planet.

Numa época em que livraria é sinônimo de grandes e modernas redes de vendas, a centenária Lello é um refúgio encantador onde, não só os livros, mas também o ambiente nos transportam a viagens incríveis! Os requintados e impecáveis móveis de madeira são cheios de detalhes e se entrelaçam e prolongam-se até o teto em vitral que permite a entrada da luz para iluminar a majestosa escada principal, compondo um cenário que impressiona até os mais exigentes arquitetos e apreciadores de arte. É uma verdadeira e original obra prima que não deve deixar de ser visitada por quem passa na simpática Rua das Carmelitas.

http://www.lonelyplanet.com/argentina/travel-tips-and-articles/76233

http://flavorwire.com/254434/the-20-most-beautiful-bookstores-in-the-world/

http://www.theguardian.com/books/2008/jan/11/bestukbookshops

Livraria Lello, Porto, Portugal

 

5) Igreja do Carmo (ou Igreja da Venerável Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo)

A fachada exterior é simplesmente espetacular onde a entrada principal está recheada de detalhes no melhor estilo barroco e a parede lateral está revestida por enorme painéis de azulejos. Já o interior conta com pé direito elevado e está, como as demais igrejas, decorada com talhas douradas, uma arte típica do século XVIII em Portugal.

Igreja do Carmo, Porto, Portugal

 

5) Estação de São Bento

Não só faz parte do seleto grupo “uma das mais belas estações” como foi eleita “A” mais bela estação de trem do mundo!

http://www.travelandleisure.com/articles/worlds-most-beautiful-train-stations/11

Inaugurada no início do século XX, a fachada principal é um belo exemplo da arquitetura parisiense, mas o esplendor está no interior do átrio principal que está decorado com 20.000 azulejos que retratam importantes eventos da história portuguesa em diferentes quadros que demoraram 11 anos para ficarem prontos.

Estacao Sao Bento, Porto, Portugal

 

6) Sé do Porto (Catedral e Miradouro)

É o complexo religioso mais importante da cidade pois foi a partir daqui que se expandiu a cidade do Porto.

Erguida no século XII, a catedral apresenta evidências de diferentes momentos artísticos, uma vez que recebeu diversas alterações ao longo dos anos. As torres sineiras apresentam características românicas e o portal principal é tipicamente barroco com o arco forrado de pequenos apóstolos que, juntamente com as torres sineiras, proporcionam uma sensação de um caminho para o céu. No interior encontramos enormes abóbodas com vitrais acompanhadas de detalhes góticos e o “Tesouro da Sé”, uma amostra com valiosos objetos em ouro, pergaminhos e livros.

Se_do_Porto_Catedral_Portugal

 

7) Palácio da Bolsa

Inaugurado em 1842, o Palácio da Bolsa é sede e propriedade da Associação Comercial do Porto.

Apresenta diversas salas com os mais variados estilos arquitetónicos que fazem questão de frisar a imponência aristocrática. No primeiro andar destacam-se o Escada Monumental e o Pátio das Nações onde o teto recebeu 20 brasões das nações com quem Portugal tinha acordo comercial. No segundo andar destacam-se a Sala Dourada que está revestida com folha de ouro, a Sala das Assembleias Gerais em madeira e o Salão Árabe que também tem paredes revestidas de ouro e que retrata perfeitamente o estilo do médio oriente.

Palacio da Bolsa, Porto, Portugal

 

8) Igreja e Monumento de São Francisco de Assis

Concluída em 1410, a fachada principal é a principal referência gótica da cidade. Já o interior apresenta inúmeros detalhes no melhor estilo barroco e em talha dourada, que fez com que ficasse conhecida como a Igreja de ouro. E é justamente esta incongruência entre o luxo exuberante interior e a austeridade da fachada exterior que tornam este monumento único.

No interior ainda poderá visitar as salas de Sessões e do Tesouro e as catacumbas onde se encontram expostas ossadas.

Igreja e Monumento de Sao Francisco de Assis, Porto, Portugal

 

9) Cais da Ribeira

Eleita pela Conde Naste Traveller Espanhola como uma das 31 ruas mais bonitas do mundo, a Rua do Cais da Ribeira é encantadora e muito animada. Durante o dia recebe os artesãos que expõem seus trabalhos regionais e a noite recebe todas as tribos que aqui vem para confraternizar e jogar conversa fora.

Caminhar pelas vielas estreitas e passar pelos arcos que desvendam alguns dos melhores bares, restaurantes e esplanadas é uma agradável surpresa. Seja qual for o horário, é um ótimo lugar para estar e apreciar a formosura do Rio Douro.

É daqui que partem os principais barcos para os passeios pelo Rio Douro.

http://www.traveler.es/viajes/rankings/galerias/las-calles-mas-bonitas-del-mundo/704/mosaico/1

Cais da Ribeira, Porto, Portugal

 

10) Ponte Luis I

É uma ponte que não passa despercebida na paisagem. Inaugurada em 1866 e composta pelo maior arco metálico em ferro forjado no mundo ao melhor estilo Torre Eiffel, é uma verdadeira obra prima sobre o Rio Douro. Apresenta dois tabuleiros, um inferior junto ao rio e outro sobre o arco, que liga a Alta do Porto a Alta de Gaia.

Ponte Luis I, Porto, Portugal

Antes de atravessar a ponte, poderá pegar o funicular dos Guindais para subir até as Muralhas Fernandinas.

11) Visita as Caves de Vinho do Porto

Sugerimos a visita as caves da Ramos Pinto e/ou da Graham´s que, além dos excelentes vinhos do Porto e do Douro, modernizaram recentemente suas estruturas de enoturismo passando a apresentar um ambiente elegante e muito aconchegante através da integração perfeita entre o tradicional e o moderno, mantendo viva a história do vinho do Porto com a exposição dos vestígios históricos que se intercalam com as barricas de vinho.

Não deixe de almoçar ou jantar em uma delas!

Caves Vinho do Porto, Ramos Pinto e Graham´s, Porto, Portugal

 

12) Jardins do Palácio de Cristal (Solar do Vinho do Porto)

Baseado no Crystal Palace londrino, o Palácio de Cristal foi inaugurado em 1865 e era muito parecido com uma estufa art noveau em ferro com muito vidro e chão de granito. Infelizmente foi totalmente demolido em 1951 dando origem ao Pavilhão Rosa Mota, uma enorme estrutura em forma de ginásio que foi inaugurado em 1960. Manteve-se o nome mas perdeu-se o charme do edifício. A visita vale a pena para contemplar os jardins que, além de ter uma das melhores vistas sobre o Rio Douro, apresentam uma imensa variedade de árvores, flores e plantas medicinais e aromáticas. Um verdadeiro oásis dentro da cidade do Porto.

Uma boa opção para chegar aos jardins é pegar o charmoso bondinho número 1 (eléctrico em português) que vai beirando o rio até a foz.

Palacio de Cristal, Porto, Portugal

 

13) Foz do Porto de bondinho (elétrico em português)

Não perca a oportunidade de andar nos charmosos e convidativos bondinhos que nos remetem há centenas de anos atrás.

Os trajetos são muito interessantes, seja pelo centro histórico, seja a beira rio até a Foz do Rio Douro.

Linha 1, ou Linha da Marginal, que faz o percurso entre o centro histórico do Porto e o Jardim do Passeio Alegre num trajeto único pelas margens do rio Douro;

Linha 18, ou Linha da Restauração, que faz o percurso entre Massarelos e o Carmo num trajeto que liga a zona histórica da freguesia de Massarelos ao Jardim da Cordoaria e sua envolvente;

Linha 22, ou Linha da Baixa, que percorre as artérias mais emblemáticas do centro da cidade do Porto num percurso circular entre o Carmo e a Batalha/Guindais.

http://www.portotramcitytour.pt/Porto-Tram-City-Tours.pdf

 

14) Casa da Música

Um ícone da arquitetura no Porto, uma obra espetacular que é a principal sala de concertos do Porto. O crítico de arquitetura do NY Times Nicolai Ouroussoff classificou-a como “o projeto mais atraente do arquiteto Rem Koolhaas que combina perfeitamente a intelectualidade e a sensualidade”.

 

15) Teleférico de Gaia

Liga a Baixa a Alta de Gaia. Uma panorâmica interessante do Porto.

Porto, Portugal

 

16) Cruzeiro das Seis Pontes

Passeio de aproximadamente uma hora do Cais da Ribeira até a Foz do Douro.

Há várias companhias, sendo que a mais tradicional é a Douro Azul.

 

17) Visita a região vinhateira do Douro

Eleita Património da Humanidade devido a sua paisagem ímpar e, obviamente, por ser uma das regiões vinícolas mais bonitas do mundo!

Duas opções interessantes que partem do Porto: cruzeiro de alguns dias ou passeio de um dia, indo de trem até Peso da Régua e voltando de barco.

 

18) Outras atrações:

Igreja de São Lourenço dos Grilos: é uma igreja muito distinta, onde a beleza da simplicidade é latente, principalmente nas paredes de pedras. Anexo há o Museu de Arte Sacra e Arqueologia.

Museu Do Carro Eléctrico: Amostra da evolução histórica dos bondes.

Museu Soares dos Reis: É um dos museus mais antigos que está situado no Palácio dos Carrancas que está envolvido por um belo jardim.

Museu de Arte Contemporânea: Um edifício moderno e com uma boa variedade de obras.

 

Com este breve texto esperamos contribuir com o planejamento de sua viagem a Portugal!

Para maiores informações e esclarecimentos, entre em contato conosco através do email info@soulportugal.com, que teremos todo o prazer em ajudá-lo!

Boa viagem!

 


5 thoughts on “O que visitar no Porto

  • Reply
    cintia martin

    ola.
    vou passar 2 dias em Porto. Vocês poderiam me indicar restaurantes? E gostaria de saber além dessas 2 vinícolas que vocês indicaram, se teria alguma outra, mais rustica (menos moderna) que também vale a pena visitar. Obrigada

    • Reply
      Soul Portugal Post author

      Bom dia Cintia. Vá na Taberninha do Manel, Adega São Nicolau, Restaurante da Graham´s, DOP (do conceituado chefe Rui Paula) e o Restaurante do Hotel Yeatman, que tem uma vista panorâmica incrível da cidade do Porto. Outras adegas mais familiares não estão abertas ao público, apenas através de contato pessoal. Apesar de não terem um cunho “caseiro”, estas duas proporcionam uma visita muito profissional e interessante.

  • Reply
    Jose antonio

    Vou em fevereiro de 2016, 3 dias no porto, vou de carro, vc poderia me indicar um hotel perto dos pontos turisticos. Obg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *